Entrevista com a fisioterapeuta Thays Cavassin

19 de agosto de 2013
Entrevista com a fisioterapeuta Thays Cavassin

Durante o pré-vestibular Thays Fernanda Cavassin, hoje com 24 anos, queria ser pediatra. Mas, antes do vestibular, ela teve que fazer sessões de fisioterapia por conta de um encurtamento muscular. Gostou do que conheceu e, na hora do prova, colocou curso como segunda opção. Passou, terminou o primeiro semestre e falou para si mesma: fiz a escolha certa.

Hoje, aqui no blog da Estância do Lago (spa em Curitiba), você vai entender um pouco mais da fisioterapia e conhecer a Thays, que trabalha aqui com a gente desde o dia 18 de fevereiro de 2011. Vamos lá?

Qual a função de um fisioterapeuta?

A função do fisioterapeuta é ajudar as pessoas, seja com a prevenção ou com o tratamento de alguma limitação física.

Quais os benefícios da fisioterapia?

São os mais variados e vão depender do motivo pelo qual a fisioterapia foi procurada. Pode ser a melhora da dor, da postura ou até dos movimentos. Todos vão resultar na melhora da qualidade de vida do individuo.

Quais são os principais tratamentos fisioterápicos?

A partir dos dados coletados na avaliação fisioterapêutica, o fisioterapeuta determina o diagnóstico e elabora um programa de tratamento, que pode variar de paciente para paciente. O tratamento também vai depender da área de atuação, que pode ser traumato-ortopédica, pneumologia, neurológica, desportiva, dermato funcional, entre outras.

E como a Fisioterapia é o tratamento de pacientes por diferentes meios físicos, os recursos de tratamento que o fisioterapeuta utiliza são: cinesioterapia (terapia do movimento); eletrotermofototerapia (recupera estrutura e funções comprometidas); mecanoterapia (fortalece, alonga e potencializa musculatura); hidroterapia (feito em ambiente aquático) e outros.

Qual a importância do tratamento fisioterápico preventivo?

Tem um ditado que diz que é mais fácil prevenir do que remediar. A descoberta de uma doença na sua fase inicial ou ainda mesmo antes da manifestação dos seus sintomas é um item cada vez mais valorizado na medicina moderna, visto que quanto mais precoce o diagnóstico maior a possibilidade de sua cura.

O tratamento preventivo reduz os gastos e o tempo e também evita possíveis complicações que muitas vezes levam a um quadro mais complicado.

Quem precisa do tratamento fisioterápico?

Todo mundo. A atuação da fisioterapia é ampla e a cada dia vem crescendo mais, seja nas áreas preventiva e terapêutica e também na manutenção do quadro clínico, mesmo após a reabilitação.

Como é seu dia a dia na Estância do Lago?

Eu agendo uma avaliação inicial com o hóspede na sua chegada a Estância do Lago, spa próximo a Curitiba, e a partir dos danos coletados na avaliação e com os objetivos do hospede traço um programa de tratamento com as terapias oferecidas.

O que mais gosta da Estância?

A oportunidade de conhecer pessoas novas todos os dia e do desafio diário que é ser fisioterapeuta. Tenho que estar atualizada e procurar sempre novos tratamentos para melhor atender aos hóspedes. ^^

 Veja também: Terâ, a raiz da Estância do Lago