Consumo de frutas secas aumenta expectativa de vida

14 de fevereiro de 2014

spa-estancia-do-lago-frutas-secas-expectativa-de-vida

As frutas secas são ricas em nutrientes, fibras e vitaminas. Sim, elas são pequenas, mas contém tudo isso. Geralmente consumidas nas festas de fim de ano, elas auxiliam no bom funcionamento do organismo, principalmente no cérebro e no coração. E, agora, é possível dizer que elas são uma espécie de fonte da juventude, pois estão associadas ao aumento da expectativa de vida.

Segundo pesquisadores americanos, que publicaram artigo no periódico científico New England Journal of Medicine, o consumo de frutas secas ou oleaginosas diminui em 20% a taxa de mortalidade das pessoas que as consomem durante 30 anos. Além disso, houve redução de 30% nas mortes por doenças no coração e 11% no risco de morte por câncer. Sem dúvida alguma, números consideráveis que colocam esses tipos de alimentos como importantes aliados à saúde de qualquer um.

Entretanto, não pense que a descoberta é uma espécie de solução mágica e definitiva contra a velhice. Os bons resultados, de acordo com os pesquisadores, só foram alcançados porque as pessoas que participaram do estudo mantiveram vidas saudáveis, pautadas por alimentações balanceadas e exercícios físicos. Portanto, não esqueça da importância de aliar as duas coisas. Do contrário, não há alimentos que realizem milagres.

Portanto, quando não há a possibilidade de termos em mão a fruta in natura e fresca, até porque em alguns locais se torna inviável o armazenamento dela, que é alimento perecível, as frutas secas, juntamente com as oleogenosas, se tornam uma boa saída para lanches saudáveis e nutritivos.

Um exemplo: duas castanhas do Pará, duas nozes, duas avelãs, dois damascos secos, duas maças desidratadas e três ameixas secas. O que resulta em uma quantidade calórica de, aproximadamente, 100 calorias. Saudável e gostoso!