Morador de cidade grande tem mais chances de desenvolver transtornos

Morador de cidade grande tem mais chances de desenvolver transtornos

Quem mora em uma grande metrópole tem mais chances de desenvolver transtornos psicológicos. Essa afirmação é baseada em uma pesquisa, divulgada pelo Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

Os pesquisadores do estudo, intitulado São Paulo Megacity, analisaram 5 mil pessoas. O resultado foi o seguinte: 30% apresentaram algum transtorno psicológico. A psiquiatra Laura Helena Silveira Guerra de Andrade, uma das responsáveis pelo projeto, disse que as mulheres desenvolvem mais distúrbios de ansiedade e os homens problemas de controle de impulso e uso de drogas.

Os moradores de grandes cidades – e Curitiba está chegando lá – são “bombardeados” constantemente com a criminalização, medo de assalto e às vezes enfrentam o desemprego, sem contar com a correria do dia a dia. É por isso que a propensão de desenvolver algum distúrbio psicológico é maior.

A pesquisa mostrou que os transtornos psicológicos acontecem com mais frequência nas mulheres. Isso porque elas, a cada dia que passa, têm mais responsabilidades, seja com a família ou profissionalmente.

Os números com os tipos de transtornos psicológicos são os seguintes: 19,9% dos entrevistados desenvolveram transtorno de ansiedade, causado, principalmente, pelas incertezas quanto ao futuro; os transtornos de humor (bipolaridade e depressão profunda) foram identificados em 11%; quase 5% demonstraram impulsividade; e 3,6% acabaram se envolvendo com drogas, incluindo álcool e substâncias ilícitas.

Dr. Ismael Lago, Clínico Geral da Estância do Lago aconselha: “reflita sobre as atitudes que têm o poder de tornar o corpo e a cabeça mais equilibrados e, assim, prolongar sua vida de forma saudável.”

Para você não participar dessas estatísticas, procure “fugir” um pouco da correia do dia a dia. Aproveite e conheça a Estância do Lago!

Veja também: O que posso fazer para ser feliz?