Trabalho voluntário afasta a depressão

12 de setembro de 2013

trabalho_voluntario

Uma pesquisa publicada no periódico “BMC Public Health”, no final de agosto, sugere que o trabalho voluntário é uma “arma” e tanto contra a depressão. No levantamento, baseado em 40 artigos científicos sobre o tema, constatou-se que os que arregaçam as mangas para ajudar os outros têm 20% menos propensão de desenvolver a doença, conhecida como o mal do século.

Além de afastar a depressão, o trabalho voluntário traz outros benefícios ao ser humano. Ele é recomendado para os idosos, pois os incentiva a ficar mais ativos. E é indicado também para os jovens. Uma pesquisa publicada no periódico JAMA Pediatrics mostrou que ajudar sem pedir nada em troca ajudou a saúde cardiovascular dos alunos do ensino médio nos EUA.

Segundo Evelize Brito, psicóloga da Estância do Lago Spa & Wellness, o trabalho voluntário reduz o processo depressivo.  “Não é somente uma forma eficaz de ocupar-se com problemas reais e reduzir o tempo destinado aos problemas, mas também a oportunidade de ampliar a rede de contatos com pessoas que buscam o bem comum”, diz.

Ao dedicar tempo e esforço para uma causa nobre, o voluntário passa a fazer parte de um processo que sempre traz resultados positivos:

– Torna-se importante para alguém;
– Pode aplicar suas habilidades e talentos;
– Conhece pessoas e se relaciona;
– É ouvido e tem o respeito do grupo;
– Eleva sua autoestima e passa a gostar de si mesmo.

Nos EUA, 27% da população é voluntária. Na Europa, 22,5% e, na Austrália, 36%. No Brasil, 18% da população é voluntária, segundo o IBOPE. E você, faz parte dessa estatística? Se sim, conte para gente que tipo de trabalho você faz. ^^
O estudo completo sobre trabalho voluntário você pode verificar neste link!

Veja também: Você, o amor e Eu, por Ismal Lago