O que é a depressão, afinal?

23 de setembro de 2013
O que é a depressão, afinal?

A felicidade não é uma constante na vida de ninguém. De vez em quando a tristeza bate à nossa porta. Pode ser por causa de um desentendimento, uma frustração, o término de um relacionamento ou outra coisa qualquer. O problema é quando a tristeza deixa de ser esporádica e vira uma rotina na vida da pessoa.

E essa tristeza não é simplesmente uma tristeza. Ela é mais profunda. Trabalho, relacionamento, estudo, alimentação, diversão e o próprio dia a dia deixam de ter significado. A memória também fica ruim e a pessoa não consegue nem se concentrar.

“Na depressão existe também o excesso de generalização. Tudo está ruim. É como se a pessoa colocasse tudo no mesmo saco”, diz a psicóloga da Estância do Lago, Evelise Brito.

Muitos se sentem culpados, sem saber exatamente o porquê. Para pessoa com depressão nada está bom e a autoestima fica lá embaixo. Se, por exemplo, alguém chega e diz que a parede do quarto poderia ter sido pintada de outra cor, o individuo acha que nada do que ele faz é certo e entra em um buraco de tristeza. Quando a depressão está, de certa forma, avançada a pessoa chega a ter dores crônicas, dores de cabeça e até no estômago.